POLÍTICA NACIONAL SOBRE DROGAS

Instituída em 11 de abril de 2019 por meio de decreto, a Nova Política Nacional sobre Drogas busca construir uma sociedade mais saudável por meio da prevenção, do tratamento, do acolhimento e da recuperação e reinserção social. A lei prevê o reforço das comunidades terapêuticas, que oferecem acolhimento, assistência e tratamento para pessoas com dependência química. Outra mudança é a promoção da abstinência em vez da redução de danos.

A nova política será desenvolvida em conjunto pelos ministérios da Cidadania, da Saúde, da Justiça e Segurança Pública, dos Direitos Humanos, da Família e Mulher. O Ministério da Cidadania ficará responsável pelo tratamento de dependentes químicos – focado na estratégia da abstinência dos usuários.

COMO ADERIR?

Para serem credenciadas no âmbito do Ministério da Cidadania, as comunidades terapêuticas e entidades de prevenção, apoio, mútua ajuda, atendimento psicossocial e ressocialização de dependentes do álcool e de outras drogas e de seus familiares deverão apresentar uma série de documentos.

MAPA DAS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

Para facilitar o atendimento de dependentes químicos que buscam tratamento, o Ministério da Cidadania criou um mapa virtual que contém a localização de todas as comunidades terapêuticas cadastradas junto ao governo federal. O serviço, que está disponível no site do Ministério da Cidadania, oferece, além do georreferenciamento, informações como nome, e-mail de contato, número de vagas e recursos públicos aportados na unidade.

COMPACTA

O Curso CoMPaCTa - Capacitação para Profissionais de Comunidades Terapêuticas objetiva desenvolver competências dos colaboradores que atuam em comunidades terapêuticas, ampliando-lhes o conhecimento e favorecendo o melhor atendimento ao público. Será realizado totalmente a distância, por meio do Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem, com acompanhamento de tutores. Com carga horária de 60 horas, divididas em 6 módulos, o curso terá duração de 2 meses.

Vídeos