Notícias

COMBATE À VIOLÊNCIA

Paulista (PE) receberá ações da segunda fase do programa “Em Frente, Brasil”

publicado: 13/01/2020 20h33, última modificação: 13/01/2020 20h39
A cidade pernambucana é uma das cinco participantes do programa para enfrentamento à criminalidade violenta
Qurino_em_Paulista.jpeg.jpg

O secretário Quirino Cordeiro Jr. (primeiro da esquerda para direita) representou o Ministério da Cidadania - Foto: Divulgação

Depois de ver o índice de homicídios cair 22,1% e o de roubos ser reduzido em 32%, o município pernambucano de Paulista receberá, neste primeiro trimestre, a segunda fase do "Em Frente, Brasil". O programa integra políticas públicas federais, estaduais e municipais direcionadas ao combate da criminalidade, aliando medidas de segurança pública a ações sociais e econômicas, para promover a transformação da realidade da região.

Nesta segunda etapa, o Ministério da Cidadania prevê a capacitação de visitadores do Criança Feliz no tema violência, a adoção do programa de Reinserção Social em comunidades terapêuticas, que também podem ter ampliação de vagas, e a doação de veículos para o Sistema Único da Assistência Social. As ações serão desenvolvidas nas comunidades que receberam reforço de segurança: Tururu, Casinhas e Maranguape 2.

Representando o Ministério da Cidadania, Osmar Terra, o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro Junior, destacou que a segunda etapa do “Em Frente, Brasil” tem foco em ações sociais. “Vamos promover ações voltadas para o tratamento dos dependentes químicos, para a inserção social de pessoas que estão à margem da sociedade, temos ações também que fortalecem os vínculos familiares, ações que diminuem a barreira de acesso dos menos favorecidos aos serviços de saúde e educação. Enfim, estamos chegando com serviços que vão fortalecer a cidadania para concretizar, de fato, os bons números já conquistados na primeira fase do programa ‘Em Frente, Brasil’”, afirmou.

O prefeito de Paulista, Junior Matuto, destacou a ação social desta segunda etapa. Vai levar “projetos de cidadania para essas comunidades que tiveram intervenção da Força Nacional”.

Liderado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o programa envolve a Casa Civil, Secretaria de Governo, Secretaria-Geral da Presidência da República e os ministérios da Cidadania, da Mulher, Família e Direitos Humanos, da Economia, da Saúde, do Desenvolvimento Regional e da Educação, além dos Governos Estaduais e Municipais, as suas respectivas Secretarias com simetria aos ministérios envolvidos. Ao lado de Paulista, participam do programa Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e São José dos Pinhais (PR).

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa