Notícias

TRANSFERÊNCIA DE RENDA

Ministério da Cidadania inicia pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família nesta terça (10)

publicado: 09/12/2019 07h00, última modificação: 13/12/2019 18h09
Mais de 13,1 milhões de famílias receberão o benefício em dobro. Repasses acompanham a folha de dezembro
9f8e01e5-4e1e-4882-9214-ea99e83ee99f.jpeg

- Foto: Rafael Zart/Ministério da Cidadania

O pagamento da 13ª parcela do Programa Bolsa Família começa nesta terça-feira (10) e segue até 23 de dezembro. O repasse do benefício extra acompanha o pagamento de dezembro – o que significa, neste mês, pagamento do benefício em dobro. No total, mais de R$ 5 bilhões serão pagos a 13.170.607 famílias em todo o Brasil. Este é o maior repasse já realizado na história do Bolsa Família, e reforça o compromisso do governo federal em combater as desigualdades sociais do País, aumentando o poder de compra das famílias mais pobres. O benefício médio, acumulando o valor extra, será de R$ 383,54 por beneficiário.

A agricultora familiar Erivana Loiola, do município de Ibipitanga, no interior da Bahia, é mãe de dois filhos. Ela conta como o 13º pagamento irá ajudar no orçamento de casa. “É a conta de luz, é o material para a escola, às vezes, sandália, roupa para a criança, remédio. Vem na hora certa. Às vezes, não dá, mas você sabe que vai receber e uma boa parte das coisas que você precisa, você vai conseguir pagar ou comprar. Aí eu já não preciso ficar preocupada como eu vou arrumar o dinheiro para comprar o material da escola para o ano que vem”, disse.

O pagamento será possível graças às melhorias na gestão e ao aumento de R$ 2,58 bilhões no orçamento do Ministério da Cidadania, assegurado pelo Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do Primeiro Bimestre de 2019, do Ministério da Economia. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressalta a importância do incremento no orçamento das famílias que estão no limite da extrema pobreza, no fim do ano: "Essa é uma determinação do presidente Jair Bolsonaro. O presidente fez questão de ampliar este recurso. É uma maneira de reforçar o Natal das famílias mais pobres do Brasil". No ano, o Bolsa Família fechou o orçamento em R$ 33,6 bilhões, cerca de 10% a mais do que em 2018 (R$ 30,6 bilhões).

O programa atende às famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais; e na pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais.

Confira reportagens com dados por estado

Confira aqui os dados por município

REGIÃO UF  Pagamento Dezembro
 Famílias   Totais
(R$) 
 Benefício médio 
DF             66.683            24.568.762,00         368,44
GO           277.003            89.616.160,00         323,52
MS           114.397            42.045.872,00         367,54
MT           142.557            49.296.268,00         345,80
CENTRO OESTE           600.640          205.527.062,00         342,18
AL           387.195          152.405.806,00         393,62
BA        1.750.294          665.381.556,00         380,15
CE        1.014.628          389.687.314,00         384,07
MA           927.651          403.781.942,00         435,27
PB           502.403          205.681.340,00         409,40
PE        1.127.840          420.952.068,00         373,24
PI           437.844          186.586.528,00         426,15
RN           339.308          129.219.184,00         380,83
SE           280.015            96.683.774,00         345,28
NORDESTE         6.767.178       2.650.379.512,00         391,65
AC             86.987            47.689.238,00         548,23
AM           387.230          180.430.928,00         465,95
AP             75.123            34.409.050,00         458,04
PA           925.135          377.003.824,00         407,51
RO             71.216            22.233.020,00         312,19
RR             44.067            19.503.112,00         442,58
TO           109.698            42.321.002,00         385,80
NORTE         1.699.456          723.590.174,00         425,78
ES           168.028            59.813.938,00         355,98
MG           970.642          359.232.100,00         370,10
RJ           818.580          308.268.972,00         376,59
SP        1.378.331          480.723.674,00         348,77
SUDESTE        3.335.581       1.208.038.684,00         362,17
PR           335.494          111.677.552,00         332,87
RS           325.960          114.263.026,00         350,54
SC           106.298            38.016.004,00         357,64
SUL            767.752          263.956.582,00         343,80
Total Geral      13.170.607       5.051.492.014,00         383,54

Saiba Mais - Em dezembro, como em todos os meses, o pagamento do benefício segue o calendário escalonado. Para saber o dia do pagamento, o beneficiário deve conferir o Número de Identificação Social, o NIS, impresso no cartão do programa. Os que terminam com final 1 podem sacar o dinheiro no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia – e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. Para saber a data exata do pagamento, basta acessar: facebook.com/bolsafamilia.

Por André Gomes

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2649